A agricultura brasileira cada vez mais tecnológica

A chegada de novos aplicativos, produtos e serviços digitais vem transformando o campo e aumentando a produtividade e a qualidade da produção

É inegável o salto que a agricultura brasileira deu nos últimos anos, um crescimento tanto em quantidade produzida quanto em qualidade. E boa parte desse desenvolvimento se deve ao uso de tecnologias que otimizam todo o trabalho no campo, transformando o agro tradicional em agricultura digital.

Muitas empresas agrícolas estão em busca constante por novos produtos, aplicativos e serviços digitais que possam congregar versatilidade com gestão eficiente, transformando o cenário agrotech do Brasil a cada novo produto lançado. A chegada da internet 5G – prevista para até junho de 2022 – também será um marco para a agricultura digital, trazendo mais rapidez e eficiência para todo esse sistema.

Pensando na otimização do processo agrícola digital, a Agroflux desenvolveu um equipamento chamado Fluxin, capaz de verificar o funcionamento das pontas dos pulverizadores, identificando assim os bicos que estão apresentando defeito, como o entupimento, por exemplo. Essa análise garante que o processo de pulverização seja mais cuidadoso e eficiente, atingindo um alto nível de confiabilidade. Interessante ressaltar que o Fluxin não exige conhecimento técnico de quem irá operá-lo, pois um aparelho celular com bluetooth já garante o funcionamento do equipamento. Ele é gerenciado por meio do DataFLux, um aplicativo de celular disponível para aparelhos

Android ou iPhone (iOS), onde todas as informações do pulverizador são inseridas. O aplicativo garante a coleta de dados como espaçamento entre os bicos, velocidade do pulverizador, modelo entre outros. E todos os dados coletados podem ser exportados via bluetooth e compartilhados em tempo real. Todas as informações dessa leitura ficam armazenadas, em forma de relatórios e gráficos, disponíveis de maneira fácil para futuras consultas.

Estudos recentes apontam que os produtores rurais brasileiros despontam no mundo quando o assunto é digitalização dos negócios. Antes da pandemia, 36% dos agricultores brasileiros já utilizavam meios digitais enquanto nos Estados Unidos esse número era de 24% e na Europa 15%. Em 2021, 46% dos produtores rurais já utilizam as ferramentas digitais, aumentando assim sua produtividade e qualidade.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *