Agricultura brasileira tem investido cada vez mais em produtos biológicos

Agricultura brasileira tem investido cada vez mais em produtos biológicos

O uso de biodefensivos tem se tornado cada vez mais popular, resultando em produtos saudáveis e livre de agrotóxicos pesados

Os programas de controle biológico estão sob gradativo crescimento no Brasil, reflexo do aumento na procura por produtos orgânicos. As grandes redes de supermercado estão abrindo cada vez mais espaço para esses itens, oferecendo ao consumidor diversidade de opções, fato que antes não era comum, sendo que, os produtos orgânicos eram encontrados principalmente em feiras.

E o agricultor, por sua vez, está cada vez mais consciente sobre a aplicabilidade do controle biológico, tendo em vista que a técnica gera resultados positivos tanto a curto, quanto a longo prazo.

Os agentes de controle biológico não são poluentes e, portanto, são ambientalmente seguros e aceitáveis. Tal prática também desestimula o uso de produtos químicos ambiental e ecologicamente inadequados, levando assim a um equilíbrio natural.

Em nível global, a adoção de biodefensivos movimentou em 2020 mais de 5 bilhões de dólares e tem crescido 14,4% ao ano. A expectativa é que nos próximos quatro anos esse número aumente, chegando a movimentar até 2025, cerca de 8 bilhões de dólares.

O Brasil é o líder na adoção de biodefensivos da América Latina, apresentando em 2020

crescimento de 30%, superando a média mundial. Nesse mesmo período o Ministério da

Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), registrou 96 novos produtos biodefensivos no país.

Em nível nacional, o consumo de bioinseticidas, biofungicidas, bem como as armadilhas biológicas, vem crescendo exponencialmente, o que demonstra que os produtos biológicos estão ganhando cada vez mais espaço. Não é à toa que a indústria de produtos biológicos brasileira registrou faturamento de mais de 1,179 bilhões de reais, 75% a mais do que o mesmo período de 2019.

O controle biológico de pragas é um método de suprimir a população de insetos indesejáveis, outros animais ou plantas pela introdução ou aumento artificial de seus inimigos naturais.

Em outras palavras, é a manipulação ativa dos fenômenos naturais, trabalhando em harmonia com a natureza. O controle biológico de pragas refere-se à capacidade dos seres humanos de representar processos naturais para seu uso e pode ser o método de controle mais inofensivo e não poluente.

No controle biológico, a redução das populações de pragas é alcançada com o uso ativo de inimigos naturais. Os inimigos naturais das pragas são insetos predadores, parasitas e patógenos fúngicos.

Tão importante quanto adotar o controle biodefensivo, é fazer a aplicação de forma correta na lavoura. Esse fato inspirou a Agroflux a criar o Fluxin, ferramenta que auxilia o produtor, fazendo uma análise completa do pulverizador, permitindo assim que medidas corretas do produto sejam distribuídas na lavoura, evitando excessos e desperdício.

O Fluxin é uma inovação tecnológica indispensável nos dias atuais, tendo em vista que, economiza o tempo do agricultor, fazendo a aferição das pontas do pulverizador em poucos segundos. O Fluxin indica na hora se existe alguma irregularidade na aplicação, possibilitando assim que o problema seja resolvido rapidamente.

Com um layout simples e moderno, o Fluxin faz a leitura do pulverizador por meio de um sensor que identifica a vazão de cada bico. Desta maneira, é possível identificar posteriormente se existem bicos obstruídos ou operando de maneira ineficaz. Após a medição, os dados são transmitidos para o celular sem a necessidade de conexão com a internet. O aparelho funciona de forma offline por meio de bluetooth.

Após a aferição, os dados podem ser exportados em formato de planilhas Excel ou PDF, que fazem o cruzamento de dados anteriores, fazendo dessa forma apontamentos seguros para a resolução do problema. Essas planilhas podem ser compartilhadas facilmente utilizando e-mail ou aplicativos de mensagem.

Todo o gerenciamento dos dados colhidos é feito através do Dataflux. O aplicativo de celular desenvolvido para armazenar e analisar as leituras, tem interface moderna e de fácil compreensão. Chamado de Fluxin, o app, torna o processo de aplicação nas lavouras mais seguro e organizado.

Ao fazer utilização do Fluxin, o agricultor pode fazer a aferição do pulverizador com mais

frequência, o que assegura que o produto seja aplicado de maneira uniforme.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *